MUSEU DOS CORDOFONES

DOMINGOS MACHADO

VOLTAR AO ÍNDEX     

 

Inaugurado em Setembro de 1995, o Museu dos Cordofones é um museu privado, fruto do trabalho e dedicação do seu proprietário, Domingos Martins Machado, reputado artesão violeiro que, a expensas próprias e sem qualquer ajuda, quer oficial quer particular, o edificou e recheou com a mais completa colecção de cordofones portugueses, que ele próprio construiu. Aqui se podem encontrar todas as guitarras, violas, cavaquinhos, braguesas, amarantinas, requintas, toeiras, beiroas, campaniças, da terra, dos Açores, da Madeira, enfim, um completíssimo repositório de toda a cordofonia portuguesa, desde a extinta à ainda em uso, bem como exemplares de instrumentos antigos, apetrechos musicais, uma biblioteca e discoteca, e todo um manancial de objectos ligados à arte musical popular portuguesa, para além de um memorial fotográfico das personalidades que, até hoje, visitaram este “santuário” da cultura portuguesa.

As visitas são acompanhadas pelo próprio Domingos Machado que explica pormenorizadamente a história de cada instrumento e responde às dúvidas dos visitantes, com toda a sabedoria que se lhe reconhece.

 

Localização: Em Tebosa, Braga, junto da antiga estrada nacional Porto/Braga.

O itinerário é o seguinte: quem vem de sul, toma a auto-estrada A3 (Porto/Braga/Valença) e, a cerca de 30 Km, vira na saída para Cruz. Depois da portagem, segue em direcção a Braga, e, cerca de 6 Km está Tebosa. O Museu dos Cordofones está situado junto à estrada.

Quem vem de Norte, toma na mesma a A3 em direcção ao Porto e vira na saída para Cruz, seguindo depois o mesmo trajecto indicado anteriormente.

 

Morada:    Museu dos Cordofones

                    Domingos Machado

                               Tebosa

                     4700 – 895 BRAGA

 

                   telefone:  253 673 855

 

Nota : para uma visita ao museu, só ou em grupo, convém efectuar marcação prévia.

 

 

             

 

Exterior do Museu

 

 

 

 

            

 

Dois quadros dedicados a Domingos Martins Machado, num trabalhando com as suas Mãos de Música

e no outro executando uma viola barroca (quadro a óleo)

 

 

 

 

                 

 

 

Sala de entrada com vitrina que guarda uma completa colecção de obras literárias sobre a música popular,

etnografia, biografias, objectos variados de colecção, peças da antiga arte oficinal,

ainda uma discoteca repleta de álbuns musicais.

 

 

 

 

 

              

 

As duas alas do salão principal do Museu

 

 

 

                      

 

 

                                              

 

 

 

                                                 

 

 

Pormenores da mais completa e impressionante colecção de cordofones portugueses do mundo.

 

 

 

 

 

                                   

 

Fases da construção do cavaquinho, um dos ex-libris da oficina de Domingos Machado.

 

 

 

        

 

Cordofones da antiguidade (algumas relíquias do Museu)

 

 

 

 

 

 

Parede mítica: à esquerda o fundador da oficina (Domingos Manuel Machado), pai de Domingos Martins Machado.

Ao centro, uma gravura do artesão Domingos Martins Machado.

Á direita, o maior etnólogo musical português, o saudoso Prof. Dr. Ernesto Veiga de Oliveira.

 

            

 

 

 

            

 

Um recanto do Museu e um busto em bronze do artesão

 

 

 

 

 

           

 

A antiga tabuleta da oficina

 

 

 

 

   Francisco Gouveia e Domingos Martins Machado

 

VOLTAR AO ÍNDEX